H A R E K R I S H N A

Carregando...

Acolhimento a devotos e devotas que deixam de residir nos centros da ISKCON

Ofício CGB Nº 002/2022
Assunto: Acolhimento a devotos e devotas que deixam de residir nos centros da ISKCON.

Pindamonhangaba, 18 de junho de 2022

Aos membros e membras da ISKCON no Brasil,

Aceitem, por favor, nossas reverências.
Todas as glórias a Srila Prabhupada!

O Comitê Executivo do Conselho Governamental Brasileiro vem a público informar que a Sociedade Internacional para a Consciência de Krishna – ISKCON -, fundada por Sua Divina Graça A.C. Bhaktivedanta Swami Srila Prabhupada, não aprova qualquer tipo de preconceito sofrido por devotos e devotas que, após vivência como residentes em templos e comunidades rurais, optam por viver fora de tais ambientes, pelos mais diferentes motivos – estudos, vida familiar, busca por melhores oportunidades, por exemplo – e, com isso, passam a ser discriminados pelos antigos companheiros e companheiras de ashram, sendo tratados como “caídos” ou outros adjetivos que demonstram menosprezo pelos que decidiram não continuar com a vida monástica .

Vemos, em diversas cartas de Srila Prabhupada a discípulos e discípulas, instruções sobre como desenvolver a vida doméstica vivendo fora, até mesmo distantes, dos centros da ISKCON. São instruções para desenvolver uma vida congregacional saudável e em consciência de Krishna, não havendo nelas nenhum juízo de valor sobre as razões que levaram tais devotos e devotas a buscar residência fora dos centros.

“Templo significa refúgio educacional espiritual. As pessoas devem vir, devem aprender o que é a vida espiritual, o que é Deus, qual é a minha relação com Ele. Isso é templo”

Leitura sobre Bhagavad Gita 9.2, Calcutá, 8 de Março de 1972

“Estou muito animado que você queira se juntar a este movimento da Consciência de Krishna para a perfeição de sua vida. A vida de chefe de família também é a plataforma perfeita para prestar serviço devocional a Krishna. Em qualquer fase da vida, seja você solteiro, casado, ou em qualquer ocupação, você pode alcançar o objetivo mais elevado adotando e praticando os princípios do serviço devocional… Na verdade, não há diferença entre os devotos que vivem dentro do templo e os devotos que vivem fora do templo. Você está certa de que o importante é lembrar de Krishna, seja qual for a sua atividade. Portanto, tente se lembrar de Krishna sempre seguindo os princípios como você os conhece, ou seja, levantar cedo, tomar banho, limpar, frequentar aratrika, ler as escrituras pelo menos uma ou duas horas por dia, cantar dezesseis voltas, sem parar, nas contas (japa-mala) do mantra Hare Krishna, indo para o sankirtana de rua, oferecendo todos os seus alimentos a Krishna. Desta forma, muito rapidamente você progredirá na Consciência de Krishna. e se tornará muito, muito feliz em sua vida.”

Carta a Susan Beckman, Los Angeles, 29 de setembro de 1972

“Quando dizemos “fora do templo”, o que realmente queremos dizer? Todos os devotos vivem no templo porque suas casas são templos. Onde quer que Krishna seja glorificado, aquele lugar se torna um templo. Minha mensagem é: não desanime procurando o que não parece se encaixar. Prabhupada tinha tantos motivos para ser desencorajado tantas vezes. Ele sofreu um ataque cardíaco no caminho, sua máquina de escrever e o Bhagavad-gita foram roubados, mas ele continuou. Como resultado temos esta linda ISKCON.”

Trecho do livro “O néctar da pregação congregacional”,
do Ministério de Desenvolvimento Congregacional da ISKCON

Assim, solidarizamo-nos com quem se sinta desprestigiado ao optar por viver fora dos templos ou comunidades, e pedimos aos membros que mantêm tal pensamento que se aprofundem nas instruções deixadas por nosso Acharya-Fundador.

Trabalhemos juntos para manter todas as congregações unidas, honrando o legado de Srila Prabhupada.

Respeitosamente,
Seus servos,
Comitê Executivo do CGB
Yajña Caitanya Das – Presidente
Gadadhara Pandita Das – Secretário
Gitamrta Devi Dasi – Tesoureira